Dúvidas

É fácil! Acesse nosso site, faça o seu cadastro, e já poderá participar.
Modalidade utilizada para a alienação de bens, onde os interessados oferecem seus lances disputando entre si. Vence o que fizer a melhor oferta. Podem ser judiciais ou extrajudiciais: JUDICIAIS: Ocorrem dentro de um procedimento judicial e visa à alienação de bens penhorados ou seqüestrados. A transferência da propriedade e da posse não se dá de forma imediata já que deve ser observado o decurso dos prazos legais e a solução definitiva de eventuais recursos impetrados. Lembrando que se for declarada nula a arrematação o arrematante recebe de volta seu dinheiro devidamente corrigido. EXTRAJUDICIAIS: Ocorrem quando instituições, empresas ou organizações públicas ou privadas, decidem vender bens de seu ativo. Aqui a transferência de propriedade se dá diretamente ao arrematante dentro dos prazos estabelecidos para o leilão.
Qualquer pessoa física ou jurídica pode participar de um leilão, desde que maior e capaz e que esteja na livre administração de seus bens (Art. 690-A do Código de Processo Civil), excetuando-se os tutores, curadores, testamenteiros, administradores, síndicos ou liquidantes, quanto aos bens confiados a sua guarda e responsabilidade, mandatários, quanto aos bens de cuja administração ou alienação estejam encarregados, Juiz, membro do Ministério Público e da Defensoria Pública, escrivão e demais servidores e auxiliares da justiça, o funcionário público ligado à Justiça onde o leilão está sendo realizado, o leiloeiro e seus parentes ou membros de sua equipe de trabalho, além de eventuais restrições para cada evento.
– Leilão Presencial: caso ocorra o arremate do bem, será necessário o fornecimento dos documentos pessoais e comprovante de endereço do arrematante. Se o bem em questão for um imóvel e se o comprador for casado ou conviva numa união estável, também é necessário informar os dados do cônjuge ou companheiro(a). – Leilão on-line: os mesmos acima mencionados mais os exigidos para cadastro junto ao site do MG LEILÕES.
Sim, a procuração deve conter poderes para o ato e ter a assinatura reconhecida em cartório. Consulte antecipadamente nossa equipe, pois as regras podem não ser as mesmas para todos os leilões.
O leiloeiro irá ler as condições de venda descritas no catálogo, as quais deverão ser acompanhadas por todos os compradores. Em seguida os lotes em leilão serão anunciados um a um. Assim que o lote de seu interesse for anunciado levante a mão para dar um lance (se necessário fale ao leiloeiro o valor do seu lance). Caso existam mais pessoas interessadas no mesmo lote inicia-se uma disputa para decidir quem dará o maior lance.
A experiência tem demonstrado que os valores dos bens arrematados em leilão são diferenciados daqueles praticados no mercado, pois se assim não fosse, não existiria a vantagem em se comprar bens em leilão. O histórico das porcentagens de vendas dos Leilões em geral, chega a 90% dos bens ofertados. O vendedor se livra de muitas tarefas, despesas e complicações comuns, pois no momento em que contrata os serviços do MG LEILÕESs para a realização do leilão/hasta pública, fica sob a responsabilidade do Leiloeiro Oficial Maurício Gehm e de sua equipe todas as providências administrativas: publicação de editais, convocação dos interessados, mala-direta, catálogos com descrição dos bens, marcação dos lotes, venda, contabilização e recebimentos. Além disso, o leilão permite a realização de bons negócios de maneira clara e objetiva, acessível a vários tipos de públicos.
Em um leilão pode-se vender uma infinidade de bens – novos ou usados, nacionais ou importados. Entre estes destacam-se: móveis e imóveis, tais como: equipamentos, máquinas, sucatas geradas ou a gerar, matéria-prima, veículos leves e pesados, embarcações, unidades industriais, prédios, escritórios, sítios, fazendas, veículos diversos, materiais industriais, computadores e seus periféricos, etc.
Você pode entrar em contato com a nossa equipe através do e-mail: contato@mgleilões-rs.com.br, não perca tempo, venda conosco!
Através da divulgação feita na Internet e nos jornais “Correio do Povo”, “Zero Hora”, “Jornal o Celeiro”, entre outros.
As datas e os locais de visitação estarão especificadas nos editais e na Internet. Via de regra a visitação ocorre três dias antes do leilão.
Através deste portal você poderá visualizar a lista dos lotes que serão apregoados nos leilões, com descrições detalhadas (fotos de ângulos diferentes); efetuar lances “on-line”; acompanhar a disputa dos lotes (bens) em tempo real. – Tipos de cadastro: O usuário, pessoa física ou jurídica, pode optar por dois níveis de cadastro, de acordo com o que lhe convier. Estes níveis são: – NÍVEL 1: Aqui o usuário pode fazer um cadastro simplificado, fornecendo apenas o seu e-mail. Com este cadastro receberá noticias e e-mail’s informativos de nossos leilões. – NÍVEL 2: O usuário deverá preencher todos os campos do formulário de forma clara e precisa( LOGIN/CADASTRO). Através deste cadastro ele poderá efetuar lances “on-line”; acompanhar a disputa dos leilões em tempo real, ver as formas de efetuar seus pagamentos e receber informações mais detalhadas. Assim que clicar no botão “Cadastrar-me”, seu cadastro será encaminhado à nossa Central de Atendimento, para validação dos dados informados e verificação junto aos órgãos de proteção ao crédito. OBS: Todos os dados fornecidos serão tratados com a maior confidencialidade.
Para participar do leilão on-line é muito simples, basta cadastrar-se previamente junto ao portal: www.mgleiloes-rs.com.br, preencher todos os dados requeridos no site no campo “como cadastrar-se”. Após o término do cadastro no site, o usuário deverá encaminhar os documentos solicitados para a equipe do MG LEILÕES, para consequente análise e habilitação junto ao site. Devidamente habilitado, o USUÁRIO efetuará o login no portal MG LEILÕES, utilizando sua senha de acesso e digitando seu lance. IMPORTANTE: A cada lance on-line dado nos últimos 05 (cinco) minutos, antes do término, automaticamente será adicionado mais 05 (cinco) minutos, para que seja possível, ser analisado pelo arrematante a possibilidade de novos lances. Em não havendo lances adicionais nos últimos 05 (cinco) minutos do término do leilão online, o bem/produto será vendido para o arrematante que der o maior lance.
Lance é o valor ofertado pelo comprador a um lote que está sendo leiloado.
Basta levantar a mão e se necessário falar o valor desejado manifestando interesse no lote.
Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido, se o lance mínimo não for atingido será aceito um lance condicional.
“LANCE INICIAL”, utilizado em leilões extrajudiciais, é o valor definido pelo Leiloeiro para início do apregoamento de cada bem. Este lance inicial, pode não ser o mesmo do valor mínimo de venda do bem definido pelo comitente. Já o termo “LANCE MÍNIMO” é utilizado em leilões judiciais e representa o valor mínimo estipulado pelo juízo, constando, inclusive, no edital de leilão.
É o valor mínimo entre um lance e o outro imediatamente anterior. O ‘INCREMENTO” é estabelecido pelo Leiloeiro podendo ser, a critério deste, alterado, inclusive durante a disputa de um determinado lote. O “INCREMENTO”, entretanto, não limita o valor do lance que o interessado pretende dar, podendo este lançar a importância que desejar para adquirir o bem pretendido, em outras palavras, o “INCREMENTO” tem como fim impedir lances com valores irrisoriamente inferiores, fato que prejudicaria o bom andamento do leilão.

Leilões em Andamento